15 A 18 DE ABRIL



Powered by

Faltam

Dias
Horas
Minutos
Segundos

SOBRE

O VII ENEEM realizar-se-á este ano em Guimarães, cidade berço de Portugal, e contará com a presença de cerca de 300 estudantes de Engenharia Mecânica vindos de diversas universidades do país. O principal objetivo deste evento centra-se no desenvolvimento de competências, quer pessoais, quer sociais, necessárias à formação completa de um engenheiro.

Este encontro irá decorrer, pela primeira vez, na Universidade do Minho, no campus de Azurém, Guimarães, entre os dias 15 e 18 de abril de 2019, e será organizado pelo NAMecUM – Núcleo de alunos de Engenharia Mecânica da Universidade do Minho.

AGENDA

Workshop Desmontagem de um Motor

O workshop consiste na desmontagem de um motor. Para além disso haverá uma apresentação sobre como funciona um motor e estratégias para torná-lo mais potente, eficiente e limpo. Serão dados como exemplos alguns dos trabalhos que se têm feito na universidade e outros da indústria automóvel.

Desenvolvimento de robôs móveis e autónomos

Serão apresentados um conjunto de projetos de robôs móveis e autónomos desenvolvidos no laboratório de robótica, destacando algumas dificuldades encontradas.

Do Currículo à Entrevista

Com o workshop pretende-se aprender como elaborar um currículo de sucesso, elevar a confiança numa entrevista de trabalho, compreender que erros não se deve cometer e aprender mais sobre marketing pessoal.

Biomecânica, Ferramenta para Melhorar o Bem-Estar e Qualidade de Vida

Palestra que pretende abordar temas como "Biomecânica, O papel do Engenheiro Mecânico", "Projetos de Soluções Médicas em Biomecânica", "Dispositivos Médicos para Diagnóstico a Reabilitação", bem como apresentar e discutir casos de estudo.

Processos, Os Novos Paradigmas das Organizações

O workshop "Processos, Os Novos Paradigmas das Organizações" pretende ajudar-te a perceber uma das principais necessidades das organizações, Gerir Processos. A gestão de processos envolve um relacionamento entre todas as áreas das organizações e que requer um conhecimento intrínseco sobre as particularidades do seu funcionamento na busca ótima da racionalização e otimização de recursos/custos. Assim, pretende-se que no fim do workshop os participantes tenham resposta para, "Gestão de processos, o que é e o que visa?", "Gestor de processos, formação e perfil", 2A importância e o impacto da gestão de processos numa organização", "O futuro dos processos e das empresas".

Workshop de Fundição

Neste workshop pretende-se obter uma visão geral do panorama nacional da tecnologia da fundição, compreender quais os diferentes processos de fundição, nomeadamente a fundição por modelo perdido, e executar um caso prático.

Se pudesse vendia a minha mãe!

Todos nós vendemos alguma coisa todos os dias, produtos, serviços, ideias, imagem. Sempre que estamos a tentar convencer alguém de alguma coisa, estamos a “vender”. O workshop “se pudesse vendia a minha mãe!” vai ajudar-te a compreenderes as etapas essenciais de qualquer processo de venda e a desenvolveres as tuas selling skills para te tornares mais convincente e eficaz no teu futuro profissional. Do que se vai falar? "Posso vender a minha mãe? – perceber quais são as principais barreiras a uma venda.", "É como o ano, tem 4 estações – As 4 barreiras e as 4 competências chave num processo de venda." e "Vende-te a ti! – aprende a utilizar as tuas selling skills para te saberes vender ao mercado de trabalho."

Integration of management systems

The lecture will include requirements relating to popular management systems and its integration. It will also include description of accreditation and certification process, EU/national regulation and legislation associated with of different management systems in specific sectors e.g. food sector or military sector. Important part of the lecture will contain the relations and differences between management system, product and process certification and the minimal management requirements in product certification.

Arduino, Servos, LEDS RGB. Como pôr o Arduino a controlar os nossos circuitos

O Arduino é ainda hoje uma das melhores plataformas de desenvolvimento do mundo. Fácil de usar e de criar pequenas aplicações, não há melhor maneira de entrar no mundo da programação e da eletrónica. Neste workshop iremos dar-te a conhecer como o Arduino funciona, alguns conceitos básicos de eletrónica e programação e fazer o Arduino controlar servos motores, LEDS RGB e perceber como tudo isto é possível.

Como Falar em Público

Este workshop procura aprofundar técnicas de comunicação para um público, abordando em primeiro lugar o que é a comunicação, como comunicar com maior eficácia, que "armadilhas" evitar e que atitudes tomar para melhorar a ligação com a "audiência". Haverá exercícios práticos, durante os quais os participantes serão convidados a apresentarem-se. Estas apresentações serão gravadas e comentadas.

Resolução Criativa de Problemas

Achas que não és criativo? Estás habituado a ouvir dizer que há pessoas criativas e pessoas que não são criativas? Acreditas no episódio da maçã que caiu sobre a cabeça de Isaac Newton que o levou a formular a teoria da gravidade? E se te dissermos que estas ideias são mitos? Todos temos potencial criativo e, neste workshop, vamos ajudar-te a utilizar o teu, através de técnicas e ferramentas testadas e validadas. Já agora, sabias que a criatividade é uma das competências mais relevantes para o século XXI?

Como Inovar, Pequenos investimentos para grandes resultados

A inovação está em todas as agendas onde os planos de reconhecimento da imagem e a estratégia de crescimento devem ser promovidos. No entanto, todos os discursos de dinâmica empresarial baseiam-se, frequentemente, em linhas orientadoras e conjuntos de intenções que raramente transformam na prática a verdadeira inovação. Produzir inovação pode ser caro na cabeça do investidor. Este facto reduz ou anula a capacidade real de explicitar objetivos estratégicos em planos que, existindo, ficam no papel, pela dificuldade de materializar o verdadeiro investimento em programas sustentados. A inovação é, no entanto, baseada no conhecimento, na compreensão das redes que o ligam e na instrumentalidade e valência que lhe podem ser coladas. A transferência e partilha de alertas e conceitos terão como objetivo conferir aos participantes as ferramentas, técnicas e competências que lhes permitam trabalhar organizadamente na inovação, num desafio contínuo, que conduza à sua criação, reconhecendo as suas características e os melhores caminhos para a obter com recursos economicamente sustentados.

Trabalhar em equipa aprende-se

A prática profissional em Engenharia nunca antes foi tão complexa e, por isso, tão desafiadora para os futuros profissionais. O mundo espera engenheiros e engenheiras com espírito inovador e crítico. O mundo espera engenheiros e engenheiras com capacidade de resolver problemas de forma criativa. O mundo espera engenheiros e engenheiras que consigam comunicar ideias, soluções, resultados. O mundo espera engenheiros e engenheiras que sejam capazes de competir, mas também de colaborar. Este workshop pretende, por isso, contribuir para aquilo que o mundo espera. Numa sessão de natureza prática, interativa e colaborativa, e de modo a dar a conhecer o conceito das Integradoras presente no curso de Engenharia Mecânica da Universidade do Minho, pretende-se explorar abordagens e ferramentas que permitem apoiar a gestão e o desenvolvimento de equipas de trabalho na resolução de problemas de Engenharia.

Tribologia, âmbito e importância, conceitos e abordagem de casos práticos

Âmbito da Tribologia. Breve nota histórica. A importância da Tribologia. Impactos económicos e sociais. A Tribologia na Universidade do Minho. Conceitos de Tribologia. Apresentação de alguns exemplos de aplicação de estudos de caracterização tribológica.

Se montares bem nunca mais queres outra coisa...

Alunos serão desafiados a montar. Em grupo. E quem montar bem nunca mais vai querer outra coisa. Que coisa? Bom, para o descobrires vais ter que participar. Traz vontade de fazer. Como um verdadeiro mecânico. Ah! E espero que gostes de café!

Visita ao Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros (PIEP)

O PIEP é uma Entidade privada sem fins lucrativos focada numa vertente específica de investigação, desenvolvimento e inovação. Fundado em 2001 por iniciativa industrial, em colaboração com a Universidade do Minho e com o Governo Nacional representado pelo IAPMEI, o PIEP encontra-se sediado no Campus de Azurém (Guimarães) da Universidade do Minho. O PIEP reúne um conjunto de capacidades integradas e interligadas que servem o propósito fundamental da sua existência, o de suportar a Indústria nacional e internacional ao nível do desenvolvimento de materiais, engenharia, processos produtivos e testes. Poderão visitar os vários laboratórios do PIEP, nomeadamente, Engenharia, Reologia, Caracterização estrutural, Química, LDS, Acondicionamento de amostras, Ensaios mecânicos, Processamento (Compósitos), Processamento (Extrusão) e Processamento (Injecção)

Dicas para uma carreira

João Leite, engenheiro mecânico (IST, 1986) e director geral da KSB, Bombas e Válvulas, SA, apresenta as principais competências que lhe foram necessárias para percorrer uma carreira profissional de 30 anos (ele tem 56), desde técnico de uma empresa de controlo de qualidade até director geral da filial Portuguesa de uma multinacional alemã, filial essa que tinha 3 colaboradores e facturava 50 mil Euros quando ele entrou (em 1989), e actualmente tem 20 colaboradores e factura 6 milhões de euros. Nessa interactiva apresentação, ele aborda temas pouco habituais, como a espiritualidade, as viagens, a fiabilidade, a cultura alemã, a tarefa mais difícil de um gestor, o impacto de um gestor, bem como apresenta ideias pouco habituais sobre temas comuns, como a Qualidade, e dá dicas concretas e práticas sobre como desenvolver as necessárias competências.

Workshop Solidworks

Modelação de peça técnica e simulação estrutural da mesma com recurso ao SOLIDWORKS e o seu suplemento de Simulation. A ISICOM é um empresa tecnológica com diversas soluções para engenharia. Em soluções CAD/CAM/CAE, a ISICOM é a representante, distribuidora e formadora certificada SOLIDWORKS em Portugal. A complementar esta solução temos representação de vários Gold Partner SOLIDWORKS, como o SWOOD Design/CAM, Driveworks e Logopress. Esta são soluções especificas para determinadas indústrias. A ISICOM conta também com a representação ibérica do SolidCAM, um CAM também ele Gold Partner SOLIDWORKS e que tem vindo a revolucionar o CAM em todo o mundo com a sua solução patenteada iMachining. A completar as representações, na área da impressão 3D contamos com duas das marcas mais reconhecidas a nível mundial, são elas a 3D Systems e WASP. Solidset é a solução inteligente de automação e gestão de fabrico que a ISICOM desenvolve com uma equipa própria e já se encontra em várias áreas de fabrico de diversas fábricas da península ibérica.

Aplicação prática de dimensionamento e selecção de grupos electrobomba, associação em paralelo

Case study sobre o dimensionamento e seleção de grupos electrobomba, associação em paralelo. A equipa vencedora ganha um dia na sede da KSB (em Lisboa), incluindo formação teórica (hidráulica) e prática (desmontar uma bomba), sendo todos os custos de transporte, alojamento e alimentação por conta da KSB.

Do conceito à montagem final. Como superar desafios numa indústria à escala global

Com este “workshop” pretende dar-se a conhecer e partilhar experiências de como desenvolver novos processos para a indústria automóvel a um nível geográfico global, com recurso a ferramentas da Bosch Car Multimédia.

Engenharia, Soluções e Inovação

Nesta palestra serão expostos alguns casos práticos de soluções industriais com recurso à inovação. Iremos analisar as várias fases dos projetos desde a ideia conceptual, à execução do produto final. As apresentações incluirão processos relacionados com diferentes sectores (metalomecânica, cortiça, médica, plásticos, cerâmica, madeira) e aplicação de conceitos Indústria 4.0.

Visita ao Laboratório de órgãos de Máquinas e Tribologia

Apresentação de equipamentos de caracterização tribológica de materiais (tribómetros pino-disco, pino-placa e micro-abrasão) e de banco de ensaios para caracterização do desempenho de chumaceiras hidrodinâmicas. Exemplos de projetos com a participação do Laboratório de Órgãos de Máquinas e Tribologia.

Visita ao Laboratório de ensaio de materiais

Apresentação breve das principais capacidades experimentais do LEM; Realização de um ensaio de vibrações.

Visita ao Pavilhão Tecnológico do Departamento de Engenharia de Polímeros

Apresentação da maravilha que são os materiais poliméricos e dos seus processos de transformação, com destaque para a moldação por injeção, moldação sopro e extrusão de filme tubular.

Workshop ANSYS

Apresentação da ESSS e ANSYS; Workshop hands-on de um caso simples de Análise Estrutural; Perguntas e outras informações. A Engineering Simulation and Scientific Software (ESSS), representante ANSYS em Portugal, disponibiliza ao mercado as mais avançadas ferramentas de Computer-Aided Engineering (CAE) na área de fluido-dinâmica, análise estrutural, electromagnetismo e multifísica, para além da costumização e desenvolvimento de software sob medida de acordo com a necessidade de cada cliente. As soluções disponibilizadas pela companhia têm um papel fundamental nos projectos das empresas mais inovadoras do mundo, para fornecerem produtos radicalmente melhores e mais eficientes aos seus mais de 500 clientes nos mais diversos segmentos da indústria.

Mecânica dos chassis de Karting

Análise ao comportamento do Chassi na sua contribuição para uma boa performance do karting em competição. Sumário, Funções dos chassis; Características; Estratégia; Afinações

Additive Manufacturing, Vantagens

Apresentação de exemplos de peças produzidos por Additive Manufacturing (3D Printing em Metal) nos diversos segmentos de Mercado.

Simbioses Industriais e Economia Circular

09h15-Valorização de resíduos no contexto de economia circular (André Ribeiro, CVR); 10h00-Promoção de Simbioses na Área Metropolitana do Porto (Susana Lopes, LIPOR); 10h45-Simbioses Industriais como estratégia para a Competitividade e para a Sustentabilidade (António Lorena, 3Drivers); 11h00-A valorização energética na política de resíduos na Economia Circular (Feliz Mil-Homens, AVALER); 11h15-A gestão de veículos em fim de vida (Normando Ramos); 11h30-Do Resíduo ao Produto (Débora de Neto e Lima, Fibrenamics); 11h45-Financiar a sustentabilidade (Joana Dias, Magellan-European Affairs Consultancy); 12h00-Debate

Cerveja artesanal low-cost

Neste workshop pretende-se explorar o processo de fabricação de cerveja artesanal de alta qualidade usando apenas equipamentos habituais de uma cozinha e tudo isto a um preço low-cost.

Mesa Redonda ISO 9001:2015, 3 anos depois

O que esta mesa pretende é fazer uma análise de 3 anos passados depois da publicação do referencial ISO 9001:2015, tendo em conta as perspectivas de diferentes partes, nomeadamente, empresas, consultores e entidades certificadoras

ORADORES

Ana Monteiro Diretora Executiva e Consultora Sénior da Q4E
Licenciatura em Química – Ramo Controlo da Qualidade de Materiais Têxteis pela Universidade do Minho (2007). Pós graduação em Sistemas Integrados de Gestão – Qualidade, Ambiente e Segurança no Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (2010). Implementou o Sistema de Gestão da Qualidade na Ordem dos Engenheiros - Região Norte (única região certificada), onde desempenhou funções de Responsável da Qualidade, com preparação e execução de auditorias internas, bem como monitorização e controlo aos Planos de Ações do Conselho Diretivo (2011-2014). Diretora Executiva da Q4E, Consultora e Formadora nas áreas da Qualidade e Ambiente, sendo responsável pela prestação de serviços de apoio à gestão e melhoria nas organizações clientes da Q4E (2014-...).
Andreia Nabais Sócia-Gerente da Dimlaser
Sócia-Gerente da Dimlaser, Licenciada em Engenharia Mecânica, 20 anos de experiência na indústria, 12 anos de experiência como formadora.
André Ribeiro CVR - Centro de Valorização de Resíduos
André José Pereira Ribeiro, ocupa o cargo de Investigador no Centro para a Valorização de Resíduos - CVR, sendo responsável pelo desenvolvimento laboratorial e experimental de diversos projetos nacionais e internacionais desenvolvidos no CVR, essencialmente relacionados com a valorização de resíduos orgânicos e inorgânicos, preservação do meio ambiente, produção de biocombustíveis e análise de ciclo de vida. Apresenta mais de duas dezenas de publicações relacionadas com a valorização resíduos.
António Ferreira
Formado em Engenharia Metalomecânica pela UM, Empresário, Projetista, Chefe de Equipa de Karting, Pai de Piloto de Karting
António Lorena Managing Partner da 3Drivers
O António trabalha há 10 anos nas áreas da economia circular, da gestão de resíduos e da avaliação estratégica e política pública. Coordenou vários projetos neste âmbito, entre eles a revisão do Plano Nacional de Gestão de Resíduos (2014) e o estudo “Contributos para uma Estratégia para o Uso Eficiente dos Recursos” para o Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia (2015). Atualmente é Managing Partner da 3drivers, onde desenvolve consultoria de natureza estratégica e técnica para o sector dos resíduos. É Mestre em Engenharia do Ambiente pelo Instituto Superior Técnico.
Carina Mano Higiworks
César Costa Grupo Lusoverniz
Realizei todo o meu percurso académico na Universidade do Minho - Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica a par uma elevada participação associativa. O meu percurso profissional iniciou-se numa startup da qual fui um dos co-fundadores, passando por empresas como Grupo JAP, STA e, atualmente, no Grupo Lusoverniz em Direção de Processos.
Débora de Neto e Lima Fibrenamics
Débora de Neto e Lima, Mestre em Engenharia Biomédica pela Universidade Católica Portuguesa. Atualmente, encontra-se a desenvolver diversos trabalhos dentro da temática Economia Circular, na Fibrenamics Green, Plataforma da Universidade do Minho. Experiência adquirida junto do tecido empresarial, com trabalhos desenvolvidos do resíduo ao produto e com estudo de otimização do processo produtivo, tendo como linha de base o Life Cycle Analysis.
Diana Mesquita
É doutorada em Ciências da Educação pelo Instituto de Educação da Universidade do Minho e, atualmente, é colaboradora do Centro ALGORITMI da Escola de Engenharia da mesma universidade. Os seus interesses de investigação incluem: Educação em Engenharia, Aprendizagem Ativa, Desenvolvimento Curricular e Inovação no Ensino Superior, Formação de Professores e Gestão de Projetos. Complementarmente às atividades de investigação que desenvolve, no seu percurso profissional conta com uma forte experiência no desenvolvimento de atividades de formação em diversos países (Rússia, Tadjiquistão, Tailândia, Brasil, Chile e Colômbia). Em Portugal tem, ainda, colaborado com inúmeras organizações e entidades em Portugal, nomeadamente Universidade Portucalense (UPT), Betweien, Lda., Bright Concept Consulting and Deloitte Portugal.
Professora Elsa Costa e Silva Departamento de Ciências da Comunicação - Universidade do Minho
Elsa Costa e Silva é Professora Assistente no Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho e investigadora do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS). Foi jornalista do Diário de Notícias de 1998 a 2008, tendo sido editora-adjunta da Redacção Norte de Julho de 2006 a Maio de 2007. Faz, regularmente, acções de formação sobre comunicação em público e media training para cientistas.
Professor Fernando Ribeiro Departamento de Engenharia Eletrónica Industrial - Universidade do Minho
Nasceu em Guimarães em 1966, licenciou-se em Informática em 1988 na cidade do Porto onde ficou a lecionar durante 3 anos. Em 1991 foi para Inglaterra onde tirou o Mestrado em Robótica Industrial na Universidade de Cranfield, sendo a sua tese relacionada com visão por computador. Também em Cranfield tirou o seu Doutoramento na área da Robótica Industrial e Sistemas Avançados de Manufatura, tendo desenvolvido duas células robóticas para a Rolls Royce Aerospace Group, para fazer prototipagem rápida usando soldadura. Voltou para Portugal em 1995, onde se tornou docente da Universidade do Minho no departamento de Eletrónica Industrial em Guimarães. Foi Diretor-adjunto do Centro de Investigação Algoritmi entre Janeiro de 2006 e Novembro de 2010. Fez a sua agregação em Setembro de 2012, e atualmente é Professor Associado com Agregação. Foi director do Departamento de Eletrónica Industrial entre Janeiro de 2013 e Dezembro de 2016. Leciona várias disciplinas relacionadas com robótica, automação e programação. Criou o Laboratório de Robótica na Universidade do Minho em 1997, e é responsável por vários projetos de Robótica Móvel e Autónoma, destacando-se:
• O desenvolvimento de uma equipa de futebol robótico que participa no RoboCup desde 1999
• Robô autónomo para apanhar bolas de golfe em driving ranges
• Desenvolvimento de uma cadeira de rodas omnidirecional
• Responsável e organizador da RoboParty
• Adaptação de brinquedos eletrónicos para crianças com paralisia cerebral
As suas principais áreas de investigação centram-se em Robótica e Processamento de Imagem.
Publicou mais de 130 artigos científicos em jornais da especialidade e conferências, proferiu mais de 200 palestras científicas a convite. Venceu vários prémios científicos. Participou em mais de 60 eventos competitivos de robótica e organizou cerca de 20 eventos de robótica. Fundou uma empresa integradora de sistemas robóticos industriais, spin-off da Universidade do Minho, chamada SAR – Soluções de Automação e Robótica, Lda. A qual criou a linha de robôs botnroll.com. Preocupa-se ainda com a dinamização e divulgação da robótica principalmente junto dos mais novos através de visitas a escolas, fomentação de clubes de robótica, organização de eventos (três edições do Festival Nacional de Robótica), RoboParty (já na sua 12ª edição), etc. Pertenceu a vários comités do RoboCup (técnico, executive) sendo Trustee do RoboCup desde 2013. Pertence ao Conselho Geral do Agrupamento de Escolas Francisco de Holanda, Pertence à Direção da Sociedade Martins Sarmento, participou ativamente na organização de várias iniciativas da Capital Europeia da Cultura 2012, etc. Faz trabalho de voluntariado onde se destaca a refood, adaptação de brinquedos para crianças com paralisia cerebral, vários projectos culturais, etc.
Feliz Mil-Homens Assessor da Direção da AVALER, Professor do ISEL
Feliz José Mil-Homens dos Santos é licenciado em Engenharia Química pelo Instituto Superior Técnico (1979-1984), e mestre (pré-bolonha) em Gestão e Planeamento da Energia pela Universidade Técnica de Lisboa (1990-1992). Tem o título de Especialista em Energia pela Ordem dos Engenheiros e pelo Instituto Politécnico de Lisboa (2011). É Professor no Instituto Superior de Engenharia de Lisboa desde 1987, e Assessor da Direção da AVALER – Associação de Entidades de Valorização Energética de Resíduos, desde 2011. Foi Diretor na Agência Portuguesa de Energia, trabalhou na Comissão da União Europeia e trabalhou como Consultor, nas áreas da Energia e dos Resíduos, para várias instituições públicas e privadas, nacionais e internacionais.
Professor Francisco Brito Departamento de Engenharia Mecânica - Universidade do Minho
Francisco Graça Henriques Super Bock Group
Outubro 2018 – Presente: Estágio curricular na Super Bock Group sobre “Dimensionamento de uma microcervejeira de 75 l”
Setembro 2017 -Dezembro 2017: Estágio curricular na Faculdade de Química e Tecnologia da Comida e no Instituto de Pesquisa Alimentar de Bratislava sobre “Maltagem, fabrico e análise de cerveja”
Maio de 2017 e 2016: Workshops de cerveja na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro/IPS
Professor Hélder Puga Departamento de Engenharia Mecânica - Universidade do Minho
Gil Sousa Co-fundador e Diretor Comercial da ESI
Estamos em 2005, ano em que Gil Sousa, Luís Leitão e Reinaldo Ribeiro terminam a licenciatura em Engenharia Mecânica na Universidade do Minho. Foi o projeto de estágio destes três engenheiros que levou à criação da ESI. Na altura, desenvolveram uma solução inovadora para um equipamento - um elevador de cadeira de rodas para ser utilizado, por exemplo, em ambulâncias. Concorreram com este projeto a um concurso nacional de inovação e foram premiados com uma patente. Foi precisamente este processo que permitiu estabelecer contactos com o mercado de trabalho e levou à criação da ESI, em 2007. Em 2008 é reconhecida como spin-off da Universidade do Minho. Engenharia, Soluções e Inovação – são estas as características chave da ESI. A empresa desenvolve projetos exclusivos, à medida de cada cliente, o que tem permitido aos seus parceiros alcançarem altos níveis de competitividade e desempenho, valorizando o tempo, aumentando a produtividade e a qualidade. O fator diferenciador da ESI passa mesmo por ser transversal a toda a indústria. A empresa cria soluções para indústrias tão diversas como a alimentar, automóvel, construção, metalomecânica, polímeros, médica, plásticos, madeiras, cortiça entre outras. Gil Sousa é Co-Fundador e Diretor Comercial da ESI. Licenciado e Mestre em Engenharia Mecânica pela Universidade do Minho. Funda a ESI com Luís Leitão e Reinaldo Ribeiro em 2007. Em conjunto, fundam também a BEHIND.SOLUTIONS, em 2015, e a Dental & Engineering Innovation, em 2016. As parcerias estratégicas em diferentes áreas tecnológicas têm sido também decisivas para o sucesso global dos projetos da ESI. Em 2013, tornou-se a parceira oficial da Kuka, um dos principais fabricantes mundiais na área da Robótica e marca número um da Indústria Automóvel.
Joana Dias Magellan - European Affairs Consultancy
Joana Dias é Licenciada em Direto e pós-graduada em Direito da União Europeia pela Escola de Direito da Universidade do Minho, foi bolseira e colaboradora do Centro de Estudos em Direito da União Europeia da Universidade do Minho e estagiou na Comissão Europeia no âmbito do programa Blue Book Trainee. Possui mais de seis anos de experiência em financiamento europeu, gestão de projetos e comunicação, exercendo atualmente as funções de Head of Office dos escritórios de Portugal da Magellan.
João Leite Diretor Geral da KSB - Bombas e Válvulas
Nome: João Manuel Pedrozo Martins Leite
Naturalidade: Carnaxide-Oeiras, Nacionalidade: Portuguesa
Data de nascimento: 23 de Maio de 1962 (56 anos)
I – Habilitações Literárias
• Licenciatura em Engenharia Mecânica, pelo Instituto Superior Técnico (1986)
II – Formação Académica
• Pós-graduação “Programa Avançado de Finanças para Executivos”, pela Universidade Católica Portuguesa (UCP), de Fevereiro a Julho de 1995
• Pós-graduação “Programa Avançado de Gestão para Executivos”, pela UCP, de Janeiro a Julho de 1996
• Pós-graduação “Programa Avançado de Marketing para Executivos”, pela UCP, de Janeiro a Julho de 1997
• Pós-graduação “Programa Avançado de Fiscalidade Empresarial”, pela UCP, de Outubro a Dezembro de 1998
III – Formação Complementar
• Seminário “Gestão do Tempo” pela Time Management International” (TMI), em Setembro de 1993
• Seminário “Presentation Manager”, pela TMI, em Setembro de 1994
• Seminário “Finanças para não financeiros”, pela MGI, em Novembro de 1994
• Seminário “Qualidade nos Serviços”, pela TMI, em Janeiro de 1995
• Seminário “Liderança e Gestão”, pela Vorschlag (Alemanha), em Jan. 1997
• Seminário “Criatividade nas empresas”, pela TMI, em Setembro 1998
• Seminário “Liderança e Delegação”, pela TMI, em Março de 2000
• Seminário “Employeeship – Trabalho em Equipa”, pela TMI, em Maio de 2000
• Seminário “Uma Reclamação é uma Oportunidade”, pela TMI, em Abril de 2001
• Seminário “Inteligência Emocional”, pelo Dr. Klaus Moller, Presidente da TMI, em Outubro de 2001
• Seminário “Gestão do Tempo com o Outlook”, pela TMI, em Fev. de 2002
• Seminário “Qualidade Pessoal”, pela TMI, em Outubro de 2002
• Seminário “Equipas de Aprendizagem”, pela TMI, em Maio de 2003
• Seminário “Gestão do Crédito e das Cobranças”, pela SGCE, em Junho de 2003
• Seminário “Gestão das Prioridades”, pela TMI, em Abril de 2004
• Seminário “O Balanced Scorecard”, pela SGCE, em Nov. de 2004
• Seminário “O Novo Código do Trabalho”, pela SGCE, em Fev. de 2005
• Seminário “Criatividade”, pela TMI, em Abril de 2005
VI – Experiência Profissional
• De Set. de 1987 a Dez. de 1998, na Rinave Portuguesa (empresa de controlo de qualidade), no Depto. da Industria (terrestre), com funções de controlo de qualidade de todos os passos da construção (projecto, construção e manutenção) de reservatórios de fluidos perigosos.
• De Janeiro de 1989 até Julho de 1992, Gerente da empresa A.M.V.I. Portuguesa, Lda., de capitais franco-espanhois, empresa que comercializava válvulas de borboleta das marcas AMRI e AMVI.
• De Agosto de 1992 até ao presente, Director Geral da K.S.B., Bombas e Válvulas, S.A., de capitais alemães, que comercializa bombas centrífugas e válvulas industriais da marca KSB.
Professor José Gomes Departamento de Engenharia Mecânica - Universidade do Minho
Graus Académicos
- Doutoramento em Engenharia Mecânica, área de conhecimento de Tribologia, Universidade do Minho, 1997.
- Licenciatura em Engenharia Mecânica, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, 1984.
Carreira profissional
- Docente da Universidade do Minho desde 1985, no Departamento de Engenharia Mecânica, onde é Professor Associado.
Atividade Científica
Iniciou a sua atividade científica em 1989 e desde então todo o trabalho de investigação desenvolvido tem como tema central a caracterização tribológica (atrito e desgaste) de materiais de natureza diversa, tendo participado em mais de 20 projetos de investigação nacionais e internacionais. Orientou vários trabalhos de investigação no âmbito de Mestrados, Doutoramentos e Pós-Doutoramentos. É autor de mais de 60 artigos em revistas de circulação internacional com arbitragem científica, 50 publicações em atas de encontros científicos e de diversas comunicações orais.
Engenheiro Jorge Cavaleiro
Jorge Manuel de Oliveira Cavaleiro é Mestre em Economia e Gestão de Ciência e Tecnologia, licenciado em Engenharia Industrial e bacharel em Engenharia Eletromecânica. Atua em estudos e projetos nas áreas tecnológicas e colabora em projetos de inovação e otimização de desempenho empresarial, com conceitos no estado da arte adaptados à realidade das empresas e setores de atividade. Foi gestor, administrador, gerente, coordenador e consultor em diversos sectores e funções estratégicas comerciais, operacionais e logísticas, produtivas e de manutenção na Indústria pesada e ligeira, comércio e serviços.
Desenvolveu atividade de docência e coordenação no ensino superior e, como formador certificado, promove ações de formação e consultoria focalizada, a diversos níveis, em áreas e valências da Engenharia, Gestão, Economia, Ciências Sociais e Exatas em Portugal, Angola, Moçambique e Estados Unidos.
Juliana Viegas Inspiring Future
Fiz todo o percurso académico na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde me especializei em Sociologia. Desde os tempos da faculdade que sempre achei importante ter a minha independência e conhecer o mercado de trabalho, por isso sempre tive o meu primeiro emprego enquanto estudei. Para além disso fui completando a minha experiência com voluntariado, especialmente com crianças e jovens. Em 2015, integrei a equipa Inspiring Future para alargar as atividades para a zona norte do país, onde sou responsável pelo projeto Inspiring Future. Gosto tanto desta equipa como de francesinhas e se pudesse comia não só todos os dias como também ao pequeno-almoço, lanche e ceia. As francesinhas, claro.
Professor Luís ALves Departamento de Engenharia Mecânica - Universidade do Minho
Docente do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade do Minho, investigador nos domínios da mecânica computacional, mecânica dos meios contínuos e processo de conformação plástica. Como docente, tem estado envolvido na dinâmica das UC de carácter integrador.
Miguel Nogueira Process Development Engineer - Bosch Car Multimedia
Na Bosch Car Multimedia desde 2014, Miguel Nogueira tem participado em vários projetos de Engenharia Mecânica. Atualmente, é Process Development Engineer.
Normando Ramos Consultor Individual
Normando Ramos possui Licenciatura em Geologia, ramo Cientifico-Tecnológico pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e o Curso de Ensaios e Controlo de Qualidade na Indústria da Construção Civil, pelo Centro da Indústria da Construção Civil e Obras Públicas do Norte (CICCOPN). Profissionalmente, desempenhou entre outras as seguintes funções: Técnico Superior do Ministério das Cidades, Ordenamento do Território e Ambiente (CCDR-Norte) - 1998 a 2004; Técnico da Direcção de Ambiente da REFER, EPE - 2004 a 2012; Consultor nas áreas da Geologia e do Ambiente - 2015 a 2018 e Técnico Superior da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) desde julho de 2018.
Nuno Lourinho Auditor Coordenador Sistemas Integrados na SGS ICS
Licenciado em Engenharia da Produção pela UM; Pós Graduação em Engenharia Humana; MBA Executivo na EGP UBS; Auditor Coordenador Sistemas Integrados na SGS ICS; Branch Manager Região Minho da SGS ICS
Nuno Silva ESSS
Licenciado na ESTG em Engenharia Mecânica no ramo de moldes e Mestre no Instituto Superior Técnico (IST) na área de processos produtivos. Actualmente exerce funções na empresa ESSS, na área de simulação estrutural, dando formação e suporte técnico nas diversas soluções ANSYS.
Professor Paulo Flores Departamento de Engenharia Mecânica - Universidade do Minho
Paulo Flores licenciou-se em Engenharia Mecânica, na Universidade do Minho (UMinho), em 1997. Doutorou-se em Engenharia Mecânica na UMinho, em 2005, a qual foi galardoada com o “Prémio de Melhor Tese de Doutoramento em Engenharia 2005”. Posteriormente, realizou estudos de pós-doutoramento no Instituto Federal de Tecnologia de Zurique, (Suíça) e na Universidade do Arizona (EUA). Em 2011 obteve o grau de Agregado em Engenharia Mecânica na Universidade do Minho. Atualmente, é membro do centro de investigação e desenvolvimento em Microssistemas Eletromecânicos (CMEMS-UMinho).
A sua atividade de investigação centra-se na Dinâmica de Sistemas Mecânicos, Ciência de Mecanismos, Tribologia, Mecânica Computacional, Biomecânica, Projeto de Dispositivos Médicos e Ensino Superior. Neste âmbito estabeleceu inúmeras parcerias científicas nacionais e internacionais das quais resultaram projetos e publicações em cooperação com Universidades e centros de investigação, nomeadamente no espaço europeu, australiano, norte-americano, e asiático. Coordenou e participou em mais de uma dezena de projetos de I&D financiados por agências nacionais e internacionais.
É autor ou coautor de mais de 400 publicações, entre livros, capítulos de livros, monografias, artigos científicos, textos pedagógicos, etc. Editou diversos livros e números especiais de revistas científicas. Os seus trabalhos receberam Scopus 4080 citações, sendo o índice-h de Scopus 33. Recebeu mais de duas dezenas de prémios científicos nacionais e internacionais. É membro de diversas associações científicas e profissionais de âmbito nacional e internacional. Preside, desde 2014, à Comissão Técnica Multibody Dynamics da Federação Internacional para a Ciência de Máquinas e Mecanismos (IFToMM). Faz parte de corpos editoriais de diversas revistas científicas internacionais. É, desde 2016, editor-chefe da revista Mechanism and Machine Theory.
Paulo Silva
Coach, consultor e formador, com experiência profissional de mais de 20 anos, que contempla, entre outras, a atividade de docente no ensino superior, de empresário e dinamizador de projetos de desenvolvimento organizacional. É, também, responsável por uma academia de desenvolvimento de soft skills, no âmbito da qual, entre outras, é trabalhada a competência criatividade
Paulo Smapaio Escola de Engenharia da Universidade do Minho
Piotr Kafel Department of Quality Management of Cracow University of Economics
Piotr Kafel PhD, graduated the Faculty of Economics at the Cracow University of Economics (CUE) in 2002. After graduation he has been working in the Department of Quality Management of CUE. In 2008 he defended his doctoral thesis at the Faculty of Commodity Science of CUE. Since 2005, he has been working with an accredited certifying body, now as an auditor in the fields of: food packaging, processing and marketing of organic products (Reg. 834/2007), traditional and regional products and quality management systems (ISO 9001) in product certification schemes. In the research work he deals with processes and management systems with the emphasis to the integration of management systems and the area of conformity assessment of products and systems.
Ricardo Ferreira BorgWarner
Desde 2018, o Ricardo tem desenvolvido competências como estagiário profissional de Engenharia de Aplicações para comercial diesel na BorgWarner Portugal.
Rui Pimentel Responsável pela Gestão da Qualidade, Leica
Com formação académica em Engenharia da Qualidade e com mais de 10 anos de experiência na indústria automóvel, na área da qualidade e materiais poliméricos. Experiência como Auditor certificado VDA 6.3 e na implementação das normas ISO 9001, IATF 16949. Atualmente a exercer a função de responsável pela Gestão da Qualidade, na multinacional Leica
Sérgio Branco
Sérgio Branco concluiu o mestrado em Eletrónica Industrial e Computadores, pela Universidade do Minho em 2018. Durante o seu percurso académico fez parte de diversos projetos na Universidade do Minho e Europeus. Trabalhou em Inteligência Artificial, Cloud, Internet of Things e Web Applications. Também deu alguns cursos e workshops de programação e Arduino na CTEM Academy e no GNRation, bem como no seio universitário. Tem background em diversas áreas de programação: Python, C/Cpp, MySQL, PHP, JavaScript, HTML e CSS.
Susana Lopes LIPOR
Susana Lopes é Técnica superior na Lipor - Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, desde 1999. Desde outubro de 2016 integra a Unidade de Negócio Internacional, assegurando o relacionamento e articulação da Lipor junto de diversas entidades internacionais e nacionais de relevância na área do ambiente. Susana Lopes é licenciada em Engenharia do Ambiente pela Universidade de Aveiro (1995) e mestre em Engenharia do Ambiente pela Escola Superior de Biotecnologia, Universidade Católica Portuguesa (2016).
EQUIPA ORGANIZADORA